O que você acha de ter a profissão de artesão regularizada?

terça-feira, 15 de abril de 2008



A regularização é a saída para todos que trabalham com o artesanado em geral. Daria o direito de ter uma base legal, de ter os direitos como qualquer empresa constituida hoje e que o artesão ainda tem.
Significado da palavra: Profissão: exercício habitual de uma atividade econômica como meio de vida, ofício, mister, emprego, ocupação.
Profissão: Artesão, indivíduo que exerce uma arte manual e frequentemente por conta própria.
Leia a reportagem do Oimparcial do Maranhão, o movimento para regularizar a profissão já começou:

Artesãos pressionam pela regularização da profissão

BRASÍLIA – No início do mês de março, artesãos de todo Brasil iniciaram uma verdadeira cruzada em Brasília pela regulamentação profissional. Eles querem ser reconhecidos pelo estado e pleiteiam até uma secretaria especial própria, a exemplo da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca, ligada à Presidência da República. “Hoje, somos8,5milhõesemtodo
Brasil. Representamos 2,8 % (R$ 26 bilhões) do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Portanto, temos mais do que condições de termos uma secretaria só para nós”, afirma a presidente da Federação das Associações, Cooperativas e Grupos Produtivos de Artesãos (Facape), Isabel Gonçalves.
Para Isabel, a legalização será o principal marco da profissão. Ela diz que hoje não há legislação nenhuma que garanta a sobrevivência da categoria. “O marco legal é o mais importante. Nós não temos legislação e as ações federais que subsidiam o artesanato, na maioria das vezes, não chega ao artesão”, diz.

MARANHÃO

A presidente da Associação Central dos Artesãos (AC Arte) do Maranhão, Iracy Queiroz Ribeiro de Brito, diz o mesmo. Ela reclama do isolamento que os profissionais sofrem por não serem reconhecidos legalmente. “Somos anônimos para o estado. Engatinhamos nessa profissão”, diz. Iracy, artesã desde criança, conta que, na ilha de São Luís e em Alcântara, existem cerca de 80 mil artesãos.

0 comentários: